quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Augusto dos Anjos

Augusto dos Anjos, paraibano, viveu fase entre parnasianismo e simbolismo. Escreveu apenas um livro, EU. Para alguns, tratava-se dum pré-modernista. O poeta, conhecido como "poeta da morte", foi imortalizado como grau máximo da escrita literária. Era influente entre seus contemporâneos, como amigos José Américo e Olavo Bilac, entre outros.



Fotos retiradas no Memorial Augusto dos Anjos, anexo da APL / Academia Paraibana de Letras.



Nenhum comentário:

Postar um comentário